and STILL we MOVE

  • Dança

Date

Jul 19 - 28 2021
Expired!

Time

8:00 am - 6:00 pm

The event is finished.

E ainda assim nos movemos.

A fragilidade enquanto potência, enquanto lugar poético.

Este é o ponto de partida para uma performance que surge da vontade de deslocar o campo privado para o público.
Interessa-nos questionar e reconfigurar a relação entre estes dois pólos, tendo como base fotografias de arquivo pessoais de uma relação amorosa que encontra o seu fim em Outubro 2020.

A “imagem” como lugar a (re)habitar, a relação entre os corpos fotografados, num determinado contexto e estado, e em cena, tridimensionais, mutáveis, onde a perceção dessas mesmas imagens se transforma e ganha um outro contorno nestes, (des)(re)construindo-se noutras formas de existir, atentos à sua efemeridade, prolongando-se no tempo, quase uma suspensão, como uma necessidade de abrandar o mundo lá fora.

A persistência como matéria vibrante. Da resistência ao abandono, cantam numa voz que tanto se alinha, como se dissipa no silêncio.

(…)

A partir da nossa própria experiência, toda ela também invadida por relações íntimas, sociais e por projeções e conceções de futuro, propomo-nos a (re)construir outras possibilidades a partir de um universo próprio.

Uma peça auto-biográfica e política.
“and STILL we MOVE” centra-se entre o concerto, a dança e a performance.

Este projeto surge na sequência de uma colaboração contínua que temos desenvolvido, desde 2018, quer em solos, em que acompanhamos o trabalho uma da outra enquanto olhar exterior, quer dirigindo em colaboração. Ao longo deste processo, fomos percebendo que alguns dos lugares que habitamos estética e artisticamente de alguma forma se tocam, quer em concordância quer em total conflito, dando lugar a reflexões sobre a nossa própria identidade, que inevitavelmente se vai fixando à medida que crescemos enquanto indivíduas e artistas.

(…)

 

Ficha Técnica
Conceção, direção, cenografia, paisagem sonora e performance_ Joana Castro e Maurícia | Neves
Assistência e Aconselhamento_ Pietro Romani Desenho de luz_ Vera Martins
Figurinos_ Carlota Lagido

Biografia
JOANA CASTRO (1988, Porto)

Iniciou os seus estudos no curso de dança no Balleteatro Escola Profissional em 2003, frequentou o curso PEPCC (Programa de Estudo, Pesquisa e Criação Coreográfica) no Fórum Dança em 2008, foi bolseira do NEC em 2009, em 2013 participa no DanceWeb Schoolarship Programme do Festival Impulstanz, em Vienna e em 2016/17 frequenta a pós-graduação de especialização em performance na Faculdade de Belas Artes do Porto.
Como co-criadora e/ou performer colaborou com Né Barros, Victor Hugo Pontes, Ana Borralho e João Galante, Flávio Rodrigues, Joana Providência, Joclécio Azevedo, Juliana Snapper, Carlota Lagido, entre outros.
Desde 2009 que desenvolve o seu próprio trabalho, tendo apresentado algumas das suas obras em Portugal, França, Bélgica e Alemanha. Atualmente encontra-se em apresentações do seu mais recente projeto RITE OF DECAY, em criação de “Darktraces”, performance a estrear no DDDout em Abril de 2021, “Danças precárias” de Bruno Alexandre e “MINA” de Carlota Lagido, ambas com estreia em 2021.
É artista associada do Visões Úteis.

MAURÍCIA | NEVES (1989, Portimão)

Coreógrafa e performer.
Criou desde de 2010, KITSCHCAMP – JUÍZO FINAL, em 2013, inicia a criação de uma trilogia de peças: uma instalação – This is not entertainment – uma faixa musical – This is not for sale e é um manifesto – e uma peça de dança – This is not a love story. This is A and B; em 2014, “I’m not comfortable talking to you from up here”, uma peça de dança de 15 minutos; em 2015, “I can’t die because of Global Warming”; em 2016, “WE WILL USE SMOKE MACHINES”, um trabalho colaborativo com 5 artistas de diferentes áreas artísticas, apresentado no Festival Cumplicidades e em Portimão; em 2016/2017 “The power of unknown CHAOS” e “We are NOT so pretentious”; em 2018 “I can’t see the sea” e “anesthetize”. Tem apresentado as suas criações em Portugal, Roménia,Lituânia e Alemanha.
Trabalhou com RADAR 360, Martim Pedroso, Margarida Mestre, Ana Borralho e João Galante, João Sousa Cardoso, Joris Lacoste, Collectif Jambe, André Uerba, Gustavo Ciríaco, Ligia Soares.
É artista associada do Visões Úteis.

Organizer

de Joana Castro e Maurícia | Neves